Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Falta de espaços para sepultamentos volta ao debate na Câmara

Publicado em 04/09/2018 às 13:14 - Atualizado em 04/09/2018 às 13:14

Assunto foi abordado pelo Vereador Fically. Segundo ele, nos últimos 2 meses em torno de 80 sepultamentos foram realizados em Caçador e os poucos espaços ainda disponíveis devem acabar em alguns meses
Créditos: ASCOM/CMC Baixar Imagem

A falta de espaços para sepultamentos em Caçador voltou ao debate na Câmara de Vereadores. Nesta segunda-feira (3), o Vereador Itacir Fiorese (Fically) demonstrou sua preocupação com a superlotação nos cemitérios públicos.

Segundo ele, nos últimos dois meses cerca de 80 sepultamentos foram efetuados em Caçador, não havendo mais espaços no cemitério Municipal e com a capacidade se esgotando no de Taquara Verde e dos Correa. 

“No cemitério dos Correa, onde boa parte dos sepultamentos acontece, a informação é que até o final do ano devem ser preenchidos todos os locais. Isso causa preocupação porque não vemos um projeto por parte da municipalidade para a construção de um novo cemitério. Além disso, as pessoas de baixa renda não possuem condições financeiras para efetuar a cremação ou até mesmo o sepultamento no cemitério particular, dependendo exclusivamente das ações do Poder Público”, disse.

O Presidente do Legislativo, Rubiano Schmitz, informou que ainda no primeiro mandato do Prefeito Saulo Sperotto havia um projeto para a construção de um cemitério verticalizado, em terreno da municipalidade anexo ao Cemitério Municipal, mas que não houve continuidade. “Esta iniciativa atenderia a demanda pelo período de 10 anos, mas infelizmente, por falta de vontade, não se deu continuidade ao projeto”, disse.


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar