Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Criticado atendimento na Saúde

Publicado em 13/11/2019 às 15:24 - Atualizado em 13/11/2019 às 15:24

Giovana da Silva solicitou intervenção dos vereadores para melhorar atendimento na Saúde
Créditos: ASCOM/CMC Baixar Imagem

A qualidade no atendimento na unidade básica de saúde do Rancho Fundo, na Unidade de Pronto Atendimento – UPA e no Tratamento Fora de Domicílio - TFD foi criticada durante Palavra Livre. Giovana da Silva, 47 anos de idade, usuária do Sistema Único de Saúde – SUS, comentou situação durante reunião da Câmara dessa terça-feira (12), no Plenário Osvaldo José Gomez.

“Resolvi falar nessa sessão porque eu acho que é um direito nosso, sem ofender prefeito e vereadores, mas a gente vai à UPA, precisando de um médico, chegando lá às 10h e só é atendido às 20h. E é isso que eu queria reivindicar, que o prefeito desse um jeito, verba para isso calculo que tem, porque todo mês vem uma verba grande para Saúde. Então, a gente queria que ele colocasse de 4 a 5 médicos lá, e um pediatra separado”, comenta Giovana da Silva.

A aposentada solicita ainda melhores condições para a Unidade de Pronto Atendimento do seu. “A gente nota que falta muita coisa lá, as enfermeiras fazem o que podem, e também sofrem. Muitas vezes falta algum tipo de medicamento, ou alguma sala não está apropriada para o uso. Nós ouvimos também elas reclamando das condições de trabalho. Ou seja, a população em geral não está contente. Acho que a saúde deve estar em primeiro lugar, porque a gente sofre”, completa.

A moradora do Rancho Fundo também questiona a falta de médico na unidade básica de saúde do seu bairro, a demora para a realização de exames de raio-x e a organização dos pacientes no TFD. "Se pudessse colocar um limite na velocidade dos carros que fazem o transporte dos pacientes seria bom também", completa.

“A dona Giovana esteve usando a tribuna dessa Casa solicitando melhorias no atendimento na UPA, no posto de saúde do Rancho Fundo e relacionado ao TFD. Entendemos que as colocações são pertinentes e compete aos vereadores intermediar junto ao Poder Público Municipal para que seja atendido esse pleito em benefício do cidadão caçadorense. Por isso, vamos elaborar um documento e encaminharemos ao prefeito municipal para que tome as providências dentro do possível com urgência”, destaca Alcedir Ferlin )MDB), presidente da Câmara Municipal.

 

58ª SESSÃO – 12/11/2019

Confira a matéria aprovada na sessão

 

1) Projeto de Lei nº 039/2019, que altera, acresce e revoga dispositivos na Lei nº 1.642, de 03 de setembro de 2001, que cria o programa de bolsas de estudos para todos os servidores públicos municipais de Caçador e dá outras providências. (com Emendas Aditiva e Modificativa de autoria da Comissão de Finanças, Orçamento e Contas do Município e do Vereador Marcos da Silva Creminácio)

2) Projeto de Lei nº 066/2019, que altera dispositivo na Lei nº 2.114, de 19 de agosto de 2004, que cria o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional – COMSEA do Município de Caçador.

3) Projeto de Lei nº 068/2019, que altera dispositivos na Lei nº 3.425, de 19 de abril de 2018, que institui Programa de Estímulo ao Pagamento do IPTU, e dá outras providências. (Votos contrários dos vereadores Rubiano Schmitz - PP e Neri Vezaro - MDB).

4) Projeto de Lei nº 069/2019, que autoriza a firmar Termo de Cessão de Uso com o Estado de Santa Catarina, através do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e dá outras providências.

 

INDICAÇÕES

nº 385 – Marcos da Silva Creminácio (PDT), que determine à Secretaria Municipal de Infraestrutura, que providencie o conserto da tubulação de águas e limpeza da boca de lobo localizadas na Rua Tijucas, Bairro Bom Jesus, mais especificamente ao lado da Eeb Dom Orlando Dotti.

nº 386 – Marcos da Silva Creminácio (PDT), que determine ao IPPUC, que faça estudo de viabilidade para instalação de um redutor de velocidade na Rua Irmão Tomaz, Bairro Bom Jesus, preferencialmente nas proximidades da Oficina de Radiadores. (Voto contrário do vereador Rubiano Schmitz - PP).


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar