Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Solenidade abre Mostra de Desenhos Infantis

Publicado em 14/11/2019 às 17:19 - Atualizado em 14/11/2019 às 17:31

Solenidade abre Mostra de Desenhos Infantis
Créditos: ASCOM/CMC Baixar Imagem

A Câmara Municipal de Caçador evidenciou mais uma vez o seu apoio às causas sociais e ao cuidado com o cidadão caçadorense. Na tarde dessa quinta-feira (14), foi aberta durante sessão solene, a Mostra Catarinense de Desenhos Infantis: “Criança Não Trabalha, Lugar de Criança é na Escola”. A exposição, disposta no Espaço Cultural Almir João Binotto, anexo ao hall de entrada dessa Casa, promove um momento de reflexão sobre a importância da prevenção ao trabalho infantil.

            “Desta forma, abraçamos a proposta que surge como um instrumento de sensibilização referente à problemática do Trabalho Infantil que deve ser tratada e debatida diretamente com os sujeitos envolvidos, observada a participação ativa e mediadora das escolas e professores da rede pública de ensino e do Poder Legislativo Estadual e Municipal, visando uma reestruturação de políticas sociais públicas, mais eficazes na geração de emprego, melhoria da educação e da assistência a essa faixa da população”, destaca o presidente da Casa Legislativa, Alcedir Ferlin (MDB), que conduziu os trabalhos da mesa de honra.

            A mesa de honra foi composta pelas seguintes autoridades: Alencar Mendes, vice-prefeito, representando prefeito de Caçador; Dr. Marcos Henrique Bezerra Cabral, juiz Vara do Trabalho, representando a Presidência do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina; Vera Tasca, assessora da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da ALESC, representando os deputados estaduais Sérgio Motta e Valdir Cobalchini; Maria De Lourdes Roman Ross Ceratti, representando Milene Rodrigues, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA; tenente coronel Renado de Medeiros, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar e João Vitor Alves Ribeiro, presidente da Câmara Mirim de Caçador.

            O evento contou com a presença dos alunos premiados do concurso: Ana Clara Lucas, do 4º ano da Escola Criança do Futuro – CAIC (1º Lugar), Eliezer Farias Vieira, da Escola Gabriel Bogoni (2º lugar) e Sandra Mara Padilha, da Escola Básica Municipal Joaquim Amarante (3º lugar). Além do vereador Paulo Jarschel, Any Santos, gerente cultural da ALESC, Edianez Bortot Faoro, presidente da OAB/Subseção de Caçador, 1º Tenente Célio Alvarenga, do Proerd Caçador, diretora da ACIC, Liziane Rotta, vereadores mirins, bombeiros mirins de Caçador, conselheiros tutelares, representantes das secretarias municipais, supervisão regional de Educação, Associação de Pais e Amigos de Surdos de Caçador – APAS. Além de professores e alunos das Escolas Irmão Venâncio José, Graciosa Copetti Pereira e da Escola Esperança através do projeto Estudante Cidadão, e alunos da Escola Municipal João Carneiro de Calmon.

 

MOSTRA

Exposição itinerante em Caçador

 

A Mostra Catarinense de Desenhos Infantis: “Criança Não Trabalha, Lugar de Criança é na Escola”, de autoria dos alunos da rede pública estadual, é resultado do concurso que contemplou alunos de escolas públicas de 3º e 4º anos, em 12 cidades de Santa Catarina: São José, Araquari, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste, Videira e Xanxerê, com o objetivo de propagar o conhecimento acerca dos malefícios decorrentes do trabalho precoce e buscando romper paradigmas sobre velhos jargões, o concurso foi também uma forma de levar mais pessoas a refletir sobre o trabalho infantil.

A exposição é uma promoção da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, através da Comissão dos Direitos das Crianças e Adolescentes e o Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina, com apoio Associação dos Magistrados do Trabalho da 12° Região – que culminou no Concurso de Desenho “Criança não trabalha: lugar de criança é na escola”. O trabalho dos alunos no Espaço Cultural Almir João Binotto, até o dia 24 de novembro, das 13 às 19 horas.

           

ALENCAR MENDES – vice-prefeito de Caçador

“Participamos da abertura da mostra, onde vemos trabalhos das crianças de diversas escolas estaduais abordando a temática do combate ao trabalho infantil. A gente sabe que é uma situação presente no estado de Santa Catarina e temos a preocupação de demonstrar cada vez mais à sociedade, para as próprias crianças e às famílias, para que todo mundo entenda o prejuízo que isso causa para a vida da criança. A infância é um tempo para que a criança possa estudar, brincar, sonhar e projetar o seu futuro, e é isso que a gente quer, cada vez mais oferecer condições para que isso aconteça. Parabenizamos essa iniciativa da ALESC e do TRT, que traz a luz para que todos possam enxergar a pensar sobre esse tema”, avalia.

 

DR. MARCOS HENRIQUE BEZERRA CABRAL - Juiz Vara do Trabalho, representando a Presidência do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina

“A presente mostra é resultado de uma das iniciativas do Programa de Combate ao Trabalho Infantil realizada em 2018. Naquela oportunidade, os gestores auxiliares de diversas regiões do estado realizaram concurso de desenhos com temática relacionada ao trabalho infantil. A partir daí, em parceria com as secretarias municipais de Educação, foi feita capacitação dos professores de série escolhida sobre o tema, aos quais coube repassar o tema aos alunos com a proposta que fizessem um desenho que sintetizasse a ideia central. O resultado é o material que compõe a mostra que hoje temos a oportunidade de apreciar”, explica.

 

VERA TASCA – representando a Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e da ALESC

“Quando aprovamos essa exposição itinerante com algumas sugestões de municípios, o Deputado Cobalchini fez questão de incluir o Município de Caçador, e nós levamos esta proposta ao Presidente da Câmara que prontamente abriu as portas, e colocou toda a equipe a nossa disposição. Esta Mostra Catarinense de Desenhos Infantis, e o resultado da parceria entre Tribunal Regional do Trabalho e Assembleia legislativa”, comentou Vera Tasca em nome do presidente da Comissão, deputado Sergio Motta e do vice-presidente, deputado Valdir Cobalchini.

 

VALDIR COBALCHINI, deputado estadual

“Sou sabedor do quanto o envolvimento de uma criança com o trabalho é prejudicial para o bom desenvolvimento da mesma.  As consequências podem se manifestar de forma física, psicológica ou na saúde, causando sérios danos ao desenvolvimento saudável da criança. Sou um grande defensor da educação. Tenho como um princípio básico o de que lugar de criança é na escola. Inclusive fui o relator do Plano Estadual de Educação ao qual apresentei emenda ampliando o número de escolas que oferecem ensino em período integral, bem como emenda priorizando investimentos estaduais na educação em regiões menos desenvolvidas. Por isso, parabenizo a iniciativa do Tribunal Regional do Trabalho e a Assembleia Legislativa de Santa Catarina pela iniciativa. Na condição de parlamentar e membro da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da ALESC, contem comigo no que for necessário para que esta mancha que nos entristece seja varrida do nosso estado”, destaca em mensagem lida no evento.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar